Sexualidade

Sexualidade

Mulher X Líbido X Ciclo Menstrual

libido é caracterizada como a energia aproveitável para os instintos de vida. Ela apresenta uma característica importante: a sua mobilidade ou a facilidade de alternar entre uma área de atenção para outra.

No campo do desejo sexual, está vinculada a aspectos emocionais e psicológicos.

A libido, segundo Freud, não está relacionada somente com a sexualidade, mas também está presente em outras áreas da vida, como nas atividades culturais, caracterizadas pela sublimação da energia libidinosa de Freud.

Menstruação é o fenômeno fisiológico que ocorre na idade fértil da mulher, que se dá caso não haja a fecundação do óvulo, permitindo a eliminação periódica, através da vagina, do endométrio uterino.

O folículo ovariano em desenvolvimento, comandado pela glândula hipófise, produz os hormônios ovarianos estrogênio e progesterona, que promovem o desenvolvimento endometrial próprio para gestação. Porém, o óvulo não sendo fecundado, ocorre a involução do corpo lúteo e, consequentemente, queda brusca dos hormônios ovarianos produzidos por ele. Esta diminuição da concentração hormonal causa a degeneração e necrose do tecido endometrial que era estimulado pela ação destes hormônios. O óvulo não fecundado se degenera e promove alterações no endométrio que sai misturado ao muco uterino e sangue, mensalmente, visando uma renovação do tecido para aguardar a fecundação.

Em condições normais - e não havendo nada que impeça os ciclos femininos - este fenômeno ocorre, periodicamente, entre 25 a 35 dias e tem uma duração de dois a oito dias.